O segredo da captação de alunos: 10 dicas para lotar a sua agenda em 2023

Confira 10 dicas fáceis de executar e muito eficientes que farão você captar muitos alunos em 2023.

O segredo da captação de alunos: 10 dicas para lotar a sua agenda em 2023

Você pode ser o melhor professor do mundo, possuir didática nota dez, usar a metodologia mais eficiente que existe e saber tudo de inglês, nada disso vai ter qualquer importância… se você não tiver alunos!

Bom, se você optou por ser professor, sabe muito bem do que ensinar e ver seu aluno evoluindo é a melhor coisa do mundo, mas, além de ensinar bem, você precisa saber como estar sempre captando novos alunos, para fazer a máquina girar e garantir que sua renda continue entrando sempre.

Afinal, se você for um bom professor, vai chegar a hora em que seu aluno aprendeu o que precisava de você e agora vai alçar voos mais altos. Consequentemente, novos alunos precisam entrar para ocupar o lugar dele.

Quer aprender como captar alunos para aulas particulares de inglês? Vem com a gente e aprenda estas 10 dicas para lotar sua agenda em 2023!

1. Esteja sempre captando alunos
2. Dê aulas online e use o marketing digital
3. Tenha diferentes cursos em seu portfólio
4. Tenha seu próprio site
5. Tenha uma metodologia diferenciada
6. Sua melhor propaganda é seu aluno!
7. Espalhe a notícia
8. Use a prova social: mostre que você é bom
9. Busque o poder da reciprocidade
10. Ofereça seus serviços em sites específicos
Não desista nunca!

1. Esteja sempre captando alunos

A primeira dica para captar mais alunos é estar sempre procurando captar mais alunos.

Não cometa o erro de achar que, porque sua agenda está cheia, não precisa mais procurar novos alunos, afinal, não vai ter como encaixar novas aulas.

Não se engane, a única coisa estável neste mundo é a instabilidade. Hoje sua agenda está cheia, mas em um mês – bata na madeira – você pode perder seus alunos mais certos e infalíveis. Já aconteceu comigo.

É que as coisas acontecem e, na maioria das vezes, não temos muita escolha. Seu aluno pode não querer parar as aulas de inglês, mas, mesmo assim, ter que fazê-lo.

A aluna engravidou e precisa parar para se dedicar ao bebê; a mãe ficou doente e precisa de cuidados; o aluno passou na prova de certificação que almejava e agora vai desenvolver o inglês por conta própria; os pais do seu aluno podem passar por dificuldades financeiras e precisar cortar as aulas de inglês; enfim, coisas acontecem.

E se a minha agenda está cheia e não tenho como atender mais alunos? Faça uma lista de espera, assim que vagar um horário, você já vai saber onde procurar seu próximo aluno.

Crie uma lista de e-mails e cultive um relacionamento com esses potenciais alunos. Você pode precisar deles em breve!

Portanto, esteja sempre colocando em prática as próximas dicas, se não todas, pelo menos algumas delas. Sempre!

2. Dê aulas online e use o marketing digital

Se você ainda não começou a dar aulas online, comece agora. Você vai precisar de alguns equipamentos e talvez precise aprender algumas novas habilidades, como saber operar alguns aplicativos, mas não é nada de outro mundo e as vantagens por fazer isso são absurdamente maiores.

Você vai poder atender clientes que estejam em qualquer lugar do mundo que tenha internet e um telefone, pelo menos.

Desse jeito, você não vai ficar mais restrito à cidade onde você reside nem vai precisar gastar com deslocamentos, gasolina, manutenção do carro e todos os custos que se deslocar envolve.

Este, sem dúvidas, é o principal passo que você precisa dar para facilitar a captação de alunos de forma exponencial. Imagine que você simplesmente deixou de estar restrito a uma população de centenas de milhares de pessoas (as pessoas que residem na sua cidade, próximas a você) e passou a poder explorar uma população de dezenas de milhões de pessoas mundo afora. Simples assim.

Em seguida, use o marketing digital para a captação de alunos.

Na atualidade, todos os estabelecimentos, mesmos os estritamente físicos, como restaurantes, lojas de roupas, escolas de inglês e qualquer outro, se valem do marketing digital para conseguir clientes.

E isso faz ainda mais sentido se você pode atender online, podendo explorar aqueles milhões de potenciais alunos que mencionamos acima.

Muitas das dicas a seguir podem ser potencializadas por meio do marketing digital, por isso, pensar em começar a usar essa estratégia é tão importante. Pense bem!

3. Tenha diferentes cursos em seu portfólio

Crie diversos cursos para se diferenciar de outros professores.

Não precisa ser nada inovador, totalmente fora da caixa e diferente de tudo o que você já viu no mundo. Não precisa mesmo.

O importante é que tenha uma abordagem que possa atrair determinados tipos de pessoas.

Por exemplo: aprenda inglês ouvindo música – vai atrair pessoas que gostam de ouvir música em inglês; inglês para negócios – vai atrair pessoas que precisam aprender inglês para o trabalho; inglês para viajantes – vai atrair pessoas que querem viajar, etc.

Assim você atrai pessoas com objetivos específicos com o idioma e que estão em busca de um professor particular de inglês.

Agora, você deve estar pensando: mas isso não vai afastar os outros tipos de alunos?

Sim. Quando você atrai um tipo de público, você automaticamente afasta outro que não corresponde àquele que é alvo do anúncio, isso é perfeitamente normal e facilmente contornável.

Lembre-se de uma coisa: quem quer vender para todo mundo não vende para ninguém.

Imagine que você é uma pessoa que quer aprender inglês para poder trabalhar com programação para empresas estrangeiras. Aí um belo dia você está navegando pelo Instagram e vê dois anúncios:

1. Aprenda inglês online – aulas de inglês para todos que querem aprender inglês.

2. Aprenda inglês para trabalhar em empresas estrangeiras.

Qual dos dois vai atrair mais sua atenção neste caso?

É óbvio que é o segundo, ele traz elementos que correspondem exatamente com o que você precisa! Você se identifica com o anúncio e fica curioso para saber mais.

Agora, pense comigo: inglês é inglês, o inglês para quem quer viajar, para quem quer trabalhar e para quem quer entender músicas ou ver filmes sem legenda é praticamente o mesmo, com um ajuste aqui e ali, não é?

Basta você fazer um curso diferente para cada tipo de público e vender estes cursos separadamente.

Pronto, agora você tem cursos para públicos específicos para captar alunos para aulas particulares e, mesmo assim, não precisa deixar de atender nenhum tipo de público. Fácil não?

4. Tenha seu próprio site

Não tenha dúvidas de que se aprofundar no mundo digital é a melhor forma de fazer sucesso no mundo real. Você, enquanto professor autônomo, é sobretudo empreendedor e precisa ter presença digital.

Se você seguir os passos 2 e 3, você vai precisar de um lugar onde possa mostrar os cursos que você disponibiliza, para isso, nada melhor do que ter o seu próprio site.

Hoje em dia você pode comprar um domínio e fazer o seu próprio site por valores bem acessíveis, especialmente se você tiver disposição de colocar a mão na massa e fazer acontecer. Pesquise e se surpreenda.

Por meio de seu site, vai ser possível pôr em prática algumas boas estratégias para a captação de alunos. Não tenha medo! Pode parecer algo muito complexo, mas com um pouco de estudo e dedicação, sei que você consegue!

5. Tenha uma metodologia diferenciada

Tem uma metodologia diferente é uma das melhores formas de se destacar dos outros professores. É um tanto melhor se esta metodologia tiver tecnologia inovadora envolvida.

Neste ponto, a Flexge pode ajudar muito você.

A Flexge é uma plataforma completa, desenvolvida especialmente para o ensino do inglês e que conta com diversas funcionalidades exclusivas.

Na Flexge você vai encontrar tudo aquilo que de melhor a tecnologia tem para ajudar a ensinar inglês, como exercícios gamificados que geram interesse no aluno e o faz gostar de estudar, engajando cada vez mais.

A plataforma ainda vai ajudar muito no planejamento das suas aulas e também na captação de alunos, contando com diversas funcionalidades para este fim, como o link de teste de nivelamento que você pode enviar ao potencial aluno para descobrir o nível de inglês enquanto apresenta a plataforma onde ele vai estudar com você.

Existe ainda uma exclusiva ferramenta para o desenvolvimento do speaking, que analisa a pronúncia do aluno e a compara com a de um falante nativo, dando um feedback instantâneo palavra por palavra. É uma solução completa para professores particulares de inglês!

Veja como captar alunos para aulas particulares com a Flexge! Leia o artigo: Como captar alunos com a Flexge: conheça recursos que podem ajudá-lo a lotar sua agenda.

6. Sua melhor propaganda é seu aluno!

Um jeito bem fácil e funcional de atrair mais alunos é aproveitar os seus próprios alunos para ajudar você nisso.

Com alguns sistemas simples de incentivo é possível fazer com que seus alunos se tornem seus principais “vendedores”.

A estratégia mais simples é a que garante descontos por indicação, algo do tipo: o aluno ganha 10% de desconto por cada novo aluno que começar a fazer aulas com você por indicação dele.

Mas esta não é a melhor forma de fazer, porque, ainda que indiretamente, acaba por diminuir o valor do seu curso ou  da sua hora aula.

O melhor é agregar mais valor para o aluno: ele pode ganhar uma aula extra gratuita, ou um curso específico ou um brinde (talvez algo personalizado que já vai fazer mais propaganda para você se ele usar).

Certamente, ter um incentivo para falar do seu trabalho vai ajudar seu aluno a espalhar a notícia de que ele tem um bom professor de inglês e com isso você vai aumentar este canal para captação de alunos.

7. Espalhe a notícia

Para que você possa atrair mais alunos, as pessoas precisam saber que você é um professor e que oferece este serviço. Então faça a notícia se espalhar.

Use as redes sociais para isso. Tenha um Instagram profissional voltado para o ensino de inglês e com um link para seu WhatsApp para caso a pessoa queira ser sua aluna, ela possa entrar em contato com você da forma mais simples possível.

A esta estratégia você pode ainda agregar as formas de divulgação garantidas pelas redes sociais, promover suas postagens ou fazer propagandas especificamente para vender mais dos seus cursos de inglês.

Fale para sua rede de conhecidos e contatos profissionais que você está em busca de novos alunos. Quando alguém pedir recomendação, eles lembrarão de você!

8. Use a prova social: mostre que você é bom

Pegue depoimentos com seus alunos contando como foi a experiência de ser seu aluno. Esperamos que tenha sido positiva!

Você dizer que o seu curso é bom é uma coisa, mas quando outras pessoas fazem isso, a coisa fica muito mais poderosa.

Esta é a chamada prova social, pessoas dizendo que o seu serviço é bom.

O que chamaria mais sua atenção: um restaurante completamente vazio, ou um que, no mesmo horário, está cheio de gente fazendo fila?

É natural do ser humano, quando outros dizem ou mostram que algo é bom, isto chama mais a atenção, quer dizer que alguém já testou e já deu a chancela de que funciona.

Se seus alunos são tímidos e não querem dar depoimentos, dê a eles algum incentivo, como no item 6 acima, um brinde ou outra forma de agregar valor sempre ajuda a pessoa a fazer o que ela precisa fazer.

O ideal é que este depoimento seja no formato de vídeo, porque assim se gera maior credibilidade.

9. Busque o poder da reciprocidade

Se você ainda tem poucos alunos mas tem algum tempo sobrando, comece a dar dicas e aulas experimentais gratuitamente.

Funciona como uma amostra de um pedaço de queijo para você provar se ele é bom; se você gostar, provavelmente vai querer comprar uma peça inteira.

Se você possui uma rede social, esta é a melhor forma de conseguir chamar a atenção. Gerar valor é a melhor forma de fazer as pessoas notarem você.

Se as pessoas assistirem a vídeos de você dando algumas dicas simples e aprenderem algo com isso, elas vão se sentir tentadas a conhecer você melhor e, quanto mais valores elas adquirirem, mais vontade de ser suas alunas elas terão.

É a mágica da reciprocidade.

Ofereça também uma primeira aula gratuita, sem compromisso, para novos alunos. Se eles conhecerem e gostarem de sua metodologia e abordagem, provavelmente eles vão querer estudar com você.

10. Ofereça seus serviços em sites específicos

Existem inúmeros sites onde você pode oferecer seus serviços de professor particular de inglês.

Pesquise por sites de serviços para freelancers e também sites específicos para professores. Você vai encontrar inúmeras opções.

Escolha aqueles melhores avaliados. Pesquise no google algo como: “o site X é bom?” ou “o site X é confiável?”.

Isto vai mostrar onde você pode estar se metendo. Existem sites bons e sites ruins, tudo vai depender de bastante pesquisa.

Alguns sites oferecem serviços melhores com uma assinatura, algumas assinaturas podem valer a pena, outras não; mais uma vez, é uma questão de pesquisar o que pode ser bom para você.

Não é fácil, vai demandar um certo tempo para fazer os cadastros, criar um perfil, colocar foto e fazer um bom anúncio. Mas, acredite, pode trazer bons resultados.

Não desista nunca!

Para finalizar, a dica bônus e talvez a mais importante é esta: não desista nunca! Esse é o segredo da captação de alunos: insistir!

Experimente diferentes métodos e estratégias, esteja sempre aprimorando e testando novos formatos.

Se você gosta de ensinar e sente prazer em ajudar as pessoas fazendo elas desenvolverem novas habilidades, como falar inglês; você sabe a transformação que isto pode causar na vida de alguém.

Você precisa prosseguir na sua caminhada e levar esta transformação para mais pessoas, é sobre isso que estamos falando aqui.

Espero que este artigo tenha ajudado você. Se tem alguma dica sobre este tema, comenta neste post para que outros professores possam aprender sobre captação de alunos com você!

Um abraço!

Fique por dentro das novidades!

Assine nossa newsletter e receba novos conteúdos do Blog no seu e-mail.