Propaganda para captar alunos é coisa do passado?

Confira dicas de marketing digital para captar alunos de forma gratuita e descubra se ainda vale a pena investir em propaganda.

Propaganda para captar alunos é coisa do passado?

A captação de alunos para aulas de inglês particular é uma tarefa complexa. Afinal, o mercado está repleto de cursos de idiomas locais, franquias e grandes marcas referências no ensino de inglês.

Como um professor particular pode conquistar espaço nesse mercado e ainda manter um preço competitivo?

Sem dúvidas, um dos fatores chave para isso é a captação de alunos com baixo custo. Hoje em dia, com a internet e o marketing digital isso é simples, não é?

De certa forma sim. Mas não há marketing realmente eficiente sem produto ou serviço de alta qualidade. Logo, não basta parecer bom. É preciso ser bom de verdade.

Neste artigo você vai conferir estratégias de marketing para professores particulares de inglês e algumas dicas para melhorar seus resultados na captação de alunos. Vamos lá?

Como captar alunos?
Como fazer marketing para professores?
Marketing Digital
Marketing de Conteúdo
Marketing Pessoal
Dicas para captar alunos na internet
1. Tenha um site funcional
2. Não esconda preço nem metodologia
3. Gere leads
4. Ofereça aulas experimentais ou materiais
Vale a pena investir em propaganda?

Banner com link para download do ebook: Manual definitivo do professor de inglês empreendedor. Clique para baixar!

Como captar alunos?

O primeiro passo para ter sucesso na captação de alunos para suas aulas particulares de inglês é estruturar um curso de inglês muito bom.

Elabore um bom plano pedagógico, escolha um material didático de qualidade, estruture os planos de aula, escolha ferramentas eficientes.

Isso tudo ajuda a demonstrar autoridade, pois o aluno interessado em seus serviços vai perceber que você é organizado e está realmente preparado para ensiná-lo, além de permitir que as expectativas sejam alinhadas desde o início.

Outro ponto importante para a captação de alunos é ter uma metodologia única e eficiente, que você possa apresentar como um diferencial.

Veja, existem centenas (se não milhares) de metodologias para o ensino de inglês sendo testadas e comprovadas no mercado.

Descubra quais são mais se adequam ao seu perfil de ensino, objetivos e público e adapte conforme suas preferências.

Combine as partes mais interessantes de diferentes metodologias para ter seu próprio método de ensino. E mais importante, fale sobre ele nas suas comunicações.

Ainda, é importante que você defina um nicho de mercado para direcionar suas ações e esforços para o público que pretende atender.

Agora que seu produto está pronto para captar alunos e você já definiu um nicho de atuação, aprenda como estruturar e executar ações de marketing para captar alunos.

Como fazer marketing para professores?

Imagem de mulher vendo notificações no celular como propaganda para captar alunos.
Veja agora como fazer marketing das suas aulas particulares de inglês!

A internet possibilita que toda pessoa que assim queira, promova seu serviço ou produto de forma gratuita. Também permite a divulgação paga com baixos investimentos.

É neste sentido que muitos afirmam que propaganda para captar alunos é coisa do passado. Será mesmo? É o que você vai descobrir mais ao final desse artigo.

O importante é saber que, essa democratização do marketing ocasionado pela internet, faz com que os potenciais clientes sejam alcançados por milhares de anúncios e conteúdos todos os dias.

Descubra aqui como se destacar nesse mercado e tornar o seu marketing mais assertivo.

Marketing Digital

A primeira coisa que você precisa saber é que marketing digital não se restringe apenas às redes sociais. Trata-se de um erro bastante comum e que limita muito a captação de alunos.

Você precisa sim ter presença nas redes sociais em que seus potenciais alunos estão, mas não deve se limitar a isso.

Existem diversas formas de fazer marketing digital para captar alunos. Veja algumas:

  • criação de anúncios online no Google através do Google Ads;
  • criação de site e blog (você pode utilizar alguma plataforma de gestão de conteúdos de sites e blogs gratuita, como o WordPress);
  • criação de lista de e-mail com potenciais clientes e disparo de campanhas através de ferramentas como o MailChimp e o RD Station.

Esses são apenas alguns exemplos do que você pode fazer como parte da sua estratégia de marketing digital. Use sua criatividade e abuse das ferramentas gratuitas disponíveis no mercado!

Se quiser investir dinheiro, avalie bem sua estratégia e pesquise as ferramentas mais adequadas para o seu objetivo. Conte com ajuda dos profissionais da área, você não precisa fazer tudo sozinho.

Para você ter uma noção da importância de ter uma estratégia de marketing digital, segundo a eMarketer, 45% dos internautas se sente influenciado pela opinião de amigos na internet no momento de contratar um novo serviço.

Isso é, quando alguém pesquisa por aulas particulares de inglês, por exemplo, e encontra sua marca no Google, ela vai querer saber se vale a pena. Quase metade dessas pessoas (45%) vai buscar a resposta com conhecidos que utilizam seu serviço.

Logo, é inteligente estar presente no meio digital e ainda em contato com seus alunos, interagindo com eles de modo a alcançar a rede de contatos destes.

Marketing de Conteúdo

Quando você vai contratar um serviço ou comprar um produto, qual é a primeira coisa que faz?

A maioria das pessoas começa pesquisando na internet tudo o que precisa saber a respeito. E onde elas encontram as respostas? No Google!

Manter um site otimizado e um blog com conteúdo facilita que você seja encontrado no Google e ainda faz com que você gere em seus potenciais clientes um sentimento de reciprocidade.

Afinal, se você ajudá-lo a resolver uma dúvida, ele lembrará da sua marca no momento de contratar um serviço.

Entenda a importância do marketing de conteúdo. Segundo a agência Reuters, em sua unidade de pesquisa na Universidade de Oxford, 81% dos internautas brasileiros leem regularmente Blogs, Listas e Artigos. Ficando acima dos EUA, da França, da Alemanha e do Reino Unido.

Além disso, blogs e conteúdos nas redes sociais são ferramentas para educar os alunos potenciais desde muito antes de eles saberem que precisam estudar inglês. Seu conteúdo pode criar a necessidade do seu serviço no público e, então, torná-lo cliente.

Mas só produzir conteúdo e disponibilizá-lo é suficiente? Não é. Você precisa fazer otimizações para que o Google mostre seu blog para os possíveis interessados.

Estude sobre palavras-chave, otimização para os mecanismos de busca (SEO - Search Engine Optimization), persona, público-alvo e outros aspectos de marketing.

Existe muito conteúdo gratuito disponível na internet sobre o assunto. Aproveite! (Viu só a importância do marketing de conteúdo?)

Marketing Pessoal

Marketing pessoal são técnicas e estratégias para valorização da sua marca individual. Para professores particulares de inglês o marketing pessoal é extremamente importante.

Com essas estratégias, as pessoas o reconhecerão como referência no assunto aula particular de inglês e isso o ajudará a captar alunos.

Lembre-se sempre de que seus alunos atuais têm o incrível poder para atrair novos estudantes. Fortaleça seu relacionamento com eles oferecendo aulas incríveis.

Assim, eles não pensarão duas vezes antes de indicá-lo. O tal do marketing boca a boca é um dos mais eficientes!

Para fortalecer seu marketing pessoal, participe de eventos na área, fale sobre sua atividade em redes sociais como o LinkedIn e Facebook. E é claro, produza muito conteúdo!

Veja agora algumas dicas práticas para ter sucesso ao captar alunos na internet. Não deixe de ler!

Dicas para captar alunos na internet

Como já foi dito, para ter sucesso na captação de alunos, não basta fazer anúncio, conteúdo e estar nas redes sociais.

Você precisa ter uma estratégia bem definida e agir para ter os melhores resultados.

Confira a seguir algumas dicas que vão ajudar você a arrasar na captação de alunos online:

1. Tenha um site funcional

Não adianta muito criar um site e largá-lo a “deus-dará”. Ele precisa estar otimizado e ser funcional.

Isso quer dizer que ele precisa estar com as informações completas e bem claras. Certifique-se de incluir, por exemplo:

  • uma breve descrição das suas aulas, como elas funcionam e diferenciais;
  • datas, valores e horários das aulas;
  • dia de início dos cursos, endereços, material didático e outras características.

Tenha uma opção para entrar em contato com você através do site e até mesmo realizar a matrícula por lá.

2. Não esconda preço nem metodologia

Não tenha medo de expor sua metodologia e preços. O consumidor atual é muito exigente.

Acostumado com as informações que circulam gratuitamente na internet, seu aluno em potencial quer que você demonstre na prática a qualidade dos seus cursos.

Se não falar sobre o seu método e valores, o aluno vai ficar desconfiado e ir atrás dessa informação em outros sites, blogs ou páginas.

Não esconda o jogo. Evite manter sua proposta pedagógica escondida, por medo de seus concorrentes também terem acesso a ela.

Esse tipo de sigilo não condiz com a era de acesso ilimitado ao conhecimento que vivemos.

3. Gere leads

No marketing, leads são pessoas que acessaram seus conteúdos e de alguma forma disponibilizaram dados de contato. Comece um relacionamento com eles por e-mail.

Pense bem: nem todos os que visitarem seu site estão no momento de contratar um curso, seja por falta de condição financeira, interesse ou mera indecisão. Não perca o contato com essas pessoas!

Capture os dados através de iscas digitais como eBooks ou crie uma newsletter. Ter uma lista de e-mails é um ótimo ativo para o seu negócio de ensino de inglês.

4. Ofereça aulas experimentais ou materiais

Uma excelente opção para gerar leads é oferecer uma aula grátis ou disponibilizar materiais para download.

Além de agradar aos alunos em potencial, esse é um meio poderoso de demonstrar a entrega de valor das suas aulas particulares de inglês e assim combater as objeções focadas apenas em preço, por exemplo.

Crie landing pages ofertando uma aula online ou materiais grátis e arrase na captação de alunos!

Vale a pena investir em propaganda?

Depois de tudo isso que você aprendeu aqui sobre como captar alunos, você acha que propaganda para captar alunos é coisa do passado?

Pode até parecer que sim. Mas a verdade é que, para grandes marcas e negócios, propagandas em meios de comunicação, além da internet, ainda é eficiente.

No entanto, fato é que os consumidores preferem contratar serviços e comprar produtos de marcas com as quais têm relacionamento. No fim das contas, tudo está baseado em manter e criar bons relacionamentos.

É por isso que o marketing digital, de conteúdo e de marca é tão (ou mais) importante que propaganda para captar alunos e agora você está pronto para começar sua estratégia!

Esse conteúdo te ajudou? Inscreva-se na nossa Newsletter e receba conteúdos exclusivos no seu e-mail!