Como a tecnologia pode melhorar o ensino de inglês

Conheça o material didático digital da Flexge e descubra por que aprender e ensinar inglês com tecnologia é muito mais divertido e eficiente.

Como a tecnologia pode melhorar o ensino de inglês

Em um mundo globalizado e digital como o que temos hoje, a língua inglesa, adotada como universal, demonstra um forte efeito em rede. Isto é, quanto mais pessoas usam, mais útil ela se torna.

Por isso, aprender inglês nunca foi tão importante como agora. A demanda por cursos e professores de inglês está crescendo e com ela novas formas de aprender e ensinar estão sendo desenvolvidas.

Neste contexto, a tecnologia se destaca como solução para aumentar a eficiência do ensino.

A vasta busca por aplicativos para aprender a língua de forma autodidata ou a procura por plataformas e materiais digitais pelos professores, sinaliza como a tecnologia pode contribuir para melhorar o ensino de inglês.

Neste artigo você vai conferir como aprender e ensinar inglês com tecnologia e ainda vai conhecer a solução tecnológica da Flexge para o ensino da língua inglesa. Boa leitura!

Tecnologia e inovação na educação
O uso de tecnologias digitais no ensino de língua inglesa
Conheça o material didático digital da Flexge
Flexge Kids
Flexge Academic
Flexge Admin
Flexge Parents
Ferramenta de reconhecimento de voz e avaliação da pronúncia
Experiência gamificada
Certificação de padrão internacional (CEFR) e teste de nivelamento

Tecnologia e inovação na educação

Grande parte das nossas atividades cotidianas é realizada com algum apoio tecnológico. Trabalho, lazer, interação social, entretenimento, alimentação, consumo. Utilizamos aplicativos e ferramentas digitais para praticamente tudo!

Essa transição para o digital também aconteceu na educação, especialmente em virtude da pandemia da Covid-19. Novos modelos educacionais, como o ensino híbrido, estão sendo amplamente adotados.

Para suprir as novas demandas que surgem, as Edtechs (startups focadas no desenvolvimento de soluções tecnológicas para a educação) estão em busca das melhores soluções para o ensino.

Esse é o caso da Flexge. A fim de melhor atender aos estudantes da nova Era, melhorar a qualidade do ensino, munir o professor de dados e ferramentas que otimizem seu trabalho, desenvolvemos uma solução para o ensino de inglês com tecnologia de ponta. Sobre ela, falaremos mais adiante.

A tecnologia e a inovação na educação estão conquistando cada vez mais espaço no mercado. A busca por plataformas, sistemas de gerenciamento e ambientes virtuais de aprendizagem vem apresentando significativo crescimento.

O modelo de educação a distância (EaD), por exemplo, que só pode ser realizado por meio de tecnologias digitais, já estava consolidado na nossa sociedade, antes mesmo da pandemia do Coronavírus.

Isso demonstra que, embora a demanda tenha aumentado significativamente em virtude da crise sanitária que ainda não superamos, essa é uma tendência que já estava se concretizando em nossa sociedade.

Todavia, aconteceu uma disrupção forçada que impulsionou a revolução tecnológica na educação.

O fato que devemos compreender e aceitar é que algumas transformações simplesmente não têm volta. A adoção de modelos de aula mais flexíveis, com atividades presenciais e on-line, encaixam perfeitamente no estilo de vida dos estudantes.

Retornar ao modelo tradicional, abrindo mão de todas as tecnologias, é algo difícil de se imaginar, mesmo após o fim do isolamento social e retomada das atividades presenciais.

Professores e escolas ficarão cada vez mais dependentes das tecnologias digitais para ensinar. Essa é uma adaptação complexa, mas que precisa acontecer.

Os desafios são muitos. Falta de infraestrutura das instituições, analfabetismo digital, restrições econômicas e sociais são apenas alguns dos obstáculos que precisarão ser enfrentados.

Mas essa mudança é necessária e o quanto antes você conseguir se adequar a ela, melhor para você e seus alunos.

Afinal, a tecnologia mune o professor de ferramentas para otimizar e melhorar sua forma de ensinar. Ela é uma aliada, não uma concorrente. Lembre-se disso!

Vamos agora entender como o uso de tecnologias digitais pode ajudar no ensino da língua inglesa.

O uso de tecnologias digitais no ensino de língua inglesa

O ensino de inglês atrai diferentes públicos, com diferentes intenções. Crianças em idade escolar, jovens preocupados em entrar no mercado de trabalho, adultos que desejam se preparar para uma viagem e por aí vai.

A depender da maturidade e do interesse desse aluno, a tecnologia pode desempenhar diferentes papéis para o ensino do idioma.

Por exemplo, tratando-se de uma criança, alguns recursos tecnológicos podem ajudar o professor a despertar o interesse do aluno pelo aprendizado.

Vídeos animados, jogos em inglês e até mesmo um material didático digital são algumas opções que o professor tem para atrair o estudante.

Já pensando em um público mais maduro, que precisa de flexibilidade de horário e tem pressa em alcançar a fluência, o professor pode utilizar plataformas para dar aula e fornecer exercícios para que o aluno faça on-line.

Desde facilitar a comunicação com o aluno, até prover o professor de recursos pedagógicos, a tecnologia é uma excelente aliada.

Ela também resolve alguns obstáculos muito comuns ao ensino da língua. É o caso da vergonha ao falar inglês. Muitos alunos travam diante de colegas e até mesmo do professor, no caso de aulas particulares.

O medo de falar em público que acompanha a maioria das pessoas, reflete no aprendizado de inglês e isso é algo que a tecnologia pode facilmente resolver, como você verá daqui a pouco.

Como as tecnologias digitais podem beneficiar o processo de ensino e aprendizagem da língua inglesa?

Com a revolução digital, a língua inglesa ampliou exponencialmente o seu alcance. Seja em aparelhos eletrônicos, redes sociais, aplicativos: termos em inglês são vistos a todo momento, por todos os lados.

Se antes era possível viver uma vida inteira sem conhecer ao menos um termo em inglês, hoje, isso já não é verdade.

É assim que, antes mesmo de aprender a falar ou escrever o português, as crianças nativas digitais já sabem o significado e a pronúncia de vários termos na língua inglesa.

Essa proximidade com o idioma faz com que o interesse pelo aprendizado do mesmo seja despertado e sua utilidade seja facilmente compreendida ainda na infância.

Segundo o relatório “Demandas de Aprendizagem de Inglês no Brasil”, tanto entre quem já estuda inglês como entre quem pretende estudar, 76% fazem uso da leitura com alguma frequência.

Ferramentas de tradução on-line e a pesquisa de termos em mecanismos de busca são recorrentes e grandes aliadas ao aprendizado da língua.

O acesso a uma infinidade de vídeos em inglês com legendas automáticas, filmes, séries e vários outros conteúdos é um facilitador para o ensino da língua, que permite tanto que professores utilizem como material de apoio, quanto quem busca pelo aprendizado autodidata.

Além desses exemplos, existem ferramentas desenvolvidas especialmente com a finalidade de ensinar inglês. Aplicativos, sites interativos, fóruns on-line, grupos de conversação são figuras populares entre os aprendizes de inglês.

Agora, tratando-se de auxiliar o professor de inglês no ensino da língua, o material didático digital desenvolvido pela Flexge se destaca no mercado. Confira por quê.

Conheça o material didático digital da Flexge

A importância que o material didático tem para alunos de cursos de inglês impressiona. De acordo com o já mencionado relatório “Demandas de Aprendizagem de Inglês no Brasil”,

O material didático é fundamental para a permanência dos alunos no curso. A importância dada ao material de apoio é tamanha que este se torna o principal motivador da desistência de se realizar um curso de inglês. Quatro em cada dez respondentes afirmaram que a baixa qualidade do material de apoio pode levar à desistência do curso.

No contexto da Era Digital, o livro didático utilizado isoladamente já não atende mais aos anseios dos alunos. Professores que ainda utilizam esse formato de material buscam por ferramentas de apoio e encontram nas tecnologias digitais o amparo necessário.

Atendendo a essa necessidade que se torna cada vez mais evidente e consolidada no mundo atual, a Flexge desenvolveu um material didático digital, aliando metodologias ativas e tecnologia de ponta.

Ideal para o modelo de ensino híbrido, nosso material possui uma trilha de aprendizagem completa e em conformidade com o CEFR, levando o aluno do nível mais básico ao mais avançado de proficiência no inglês.

Confira abaixo as soluções que desenvolvemos para o ensino de inglês na nova Era:

Imagens das telas da plataforma de ensino de inglês da Flexge
Com o material didático digital da Flexge, aprender inglês ficou muito mais divertido!

Flexge Kids

Material didático inovador, lúdico e totalmente gamificado, desenvolvido para crianças de 6 a 10 anos de idade.

Com o Flexge Kids, as crianças se divertem enquanto aprendem, tornando a experiência de aquisição da língua mais leve e interessante.

O material conta com uma trilha de aprendizagem baseada no Quadro Comum Europeu de Referência para Línguas (CEFR) que leva o aluno do pré-A1 até o nível A1 e é focado no desenvolvimento das habilidades de fala e escuta.

Flexge Academic

Focado em listening e speaking, o Flexge Academic é voltado para jovens e adultos e utiliza tecnologia orientada ao desenvolvimento das habilidades de conversação em inglês.

Possui uma trilha de aprendizagem formulada com base no CEFR, na qual os alunos avançam conforme evoluem o nível de proficiência.

Conta, ainda, com dezenas de tipos de exercícios que trabalham as 4 habilidades linguísticas, o que torna o estudo menos cansativo e repetitivo.

Tanto o Flexge Kids quanto o Academic observam os 6 princípios pedagógicos abaixo:

1. Abordagem natural

O ensino de inglês na Flexge não foca em estruturas gramaticais isoladas ou fora de contexto. Todo o conteúdo é apresentado dentro da plataforma seguindo uma abordagem natural, projetado para que o idioma seja compreendido e internalizado de forma integral e contextualizada.

2. Instrução baseada em conteúdos

No material didático digital da Flexge, os conteúdos linguísticos são apresentados de maneira diluída em conteúdos mais amplos e próximos de situações da vida real, tornando o aprendizado mais significativo e fazendo com que o aluno desenvolva pensamento crítico paralelamente ao aprendizado do novo idioma.

3. Aprendizagem ativa

A metodologia de ensino da Flexge é baseada no aprendizado ativo, em que o aluno assume o papel de protagonista do próprio aprendizado, enquanto o professor exerce a função de facilitador desse trajeto, dando suporte e fornecendo os direcionamentos necessários para que o aluno atinja seus objetivos com a língua.

4. Abordagem das 4 habilidades linguísticas

Nosso material didático trabalha as 4 habilidades da língua (listening, speaking, reading e writing), com ênfase no listening e speaking.

Com a ferramenta de avaliação de pronúncia, o aluno recebe feedbacks em tempo real, comparando sua pronúncia com a de falantes nativos do idioma, o que acelera a evolução do speaking e faz com que ele ganhe confiança para falar inglês.

5. Aprendizagem individualizada

Cada aluno avança no conteúdo de acordo com o seu próprio ritmo, sem precisar correr para acompanhar ou esperar seus colegas. Evita-se, assim, lacunas no conhecimento ou atrasos no desenvolvimento da língua.

6. Just in time

A Flexge trabalha com a filosofia just in time, segundo a qual o aluno aprende e aplica o conhecimento ao mesmo tempo, e o professor intervém neste processo conforme a necessidade do aluno, o que torna o aprendizado relevante e efetivo.

Além das soluções focadas nos alunos, também desenvolvemos soluções para os pais e professores. Confira:

Flexge Admin

Um sistema administrativo direcionado ao professor, no qual ele tem acesso a relatórios da evolução no processo de ensino-aprendizagem de cada aluno, com dados que podem orientar seu trabalho.

Print do sistema administrativo do material didático digital da flexge
No sistema administrativo da Flexge, o professor tem acesso à métricas e vários relatórios.

Com base nos relatórios gerados, o professor consegue identificar as necessidades de apoio que o aluno possui e direcionar suas aulas para aprofundar esses conteúdos com ele.

Também é possível administrar aulas individuais ou turmas de alunos a partir do gerenciador pedagógico, cadastrando e consultando informações sempre que quiser.

Flexge Parents

Um aplicativo exclusivo para os pais acompanharem o desenvolvimento dos seus filhos com o material didático digital da Flexge.

No aplicativo, eles podem ouvir áudios dos alunos falando inglês e acompanhar a evolução dos alunos, o desempenho nos exercícios e muito mais.

Assim os pais e responsáveis se envolvem no processo de aprendizagem do idioma e podem perceber o avanço dos filhos no alcance da fluência.

Ferramenta de reconhecimento de voz e avaliação da pronúncia

Nosso material didático digital conta com uma avançada ferramenta tecnológica que fornece feedback de pronúncia detalhado.

O aluno grava a própria voz falando inglês e a nossa ferramenta compara a pronúncia dele com a de falantes nativos, atribui nota e aponta os pontos em que o aluno deve melhorar.

Ele ainda pode ouvir isoladamente cada palavra gravada por ele e pelo falante nativo, identificando como aperfeiçoar sua pronúncia.

Print da ferramenta de avaliação de pronúncia da Flexge.
Com a ferramenta de avaliação de pronúncia, seus alunos alcançarão a fluência muito mais rápido!

Essa ferramenta ajuda na superação de um dos maiores obstáculos para o alcance da fluência na língua inglesa: o medo ou vergonha de falar errado.

Por estar a sós, diante do computador ou celular, o aluno fala inglês sem medo e rapidamente ganha confiança para falar diante de outras pessoas. A evolução na pronúncia dos alunos que utilizam a ferramenta é notória.

“A função de speech recognition da plataforma facilita muito o trabalho que o professor sozinho, nem em uma aula um a um, teria como fazer. O aluno vai ter essa facilidade de ter a correção da pronúncia e muito mais consciência de que tem que melhorar, essa percepção “nossa eu tenho que melhorar minha pronúncia”, isso é muito bom!” (Charles, Professor parceiro da Flexge)

Com o material didático digital da Flexge, seus alunos vão perder o medo de falar inglês!

Experiência gamificada

Todos os exercícios no nosso material didático digital são gamificados. Isso faz com que o aprendizado de inglês se torne mais interessante e divertido, engajando seus alunos no estudo da língua.

“O principal diferencial da Flexge é o método. Muito dinâmico e gamificado, acaba gerando competição entre os alunos para ver quem tem o melhor placar e isso torna o inglês mais divertido e consequentemente mais fácil de aprender.” (Evandro Rubin Milani Medeiros, In the Box English, Professor Particular parceiro Flexge)

Na nossa plataforma, seus alunos conquistam pontos conforme realizam os exercícios e avançam no conteúdo, participando de rankings divertidos com outros alunos.

Print do ranking da flexge
Nosso ranking estimula uma competição saudável entre os alunos, aumentando o engajamento.

Todo o sistema do material didático digital funciona como se fosse um jogo, adaptado para crianças e jovens, gerando um elevado grau de engajamento e prática dos alunos.

Alinhado com as melhores técnicas de gamificação, nosso sistema oferece certificados de conquistas de acordo com a performance do aluno nos nossos rankings.

Certificação de padrão internacional (CEFR) e teste de nivelamento

Como já falei acima, o material didático digital da Flexge observa os parâmetros do Quadro Comum Europeu (CEFR), que classifica o nível de proficiência em A1, A2, B1, B2, C1 e C2.

Antes de iniciar seus estudos, o aluno realiza um teste de nivelamento na própria plataforma para descobrir seu nível de proficiência e inicia seus estudos no curso adequado para seu nível de domínio das habilidades linguísticas.

Ao final de cada curso, o aluno realiza um teste e se alcançar os resultados determinados pelo CEFR, ele conquista um certificado que comprova suas habilidades linguísticas.

O aluno só avança na plataforma se obter os resultados que comprovem o domínio necessário das habilidades para aquele nível, de acordo com o que estabelece o Quadro Comum Europeu.

Agora que você já sabe que ensinar e aprender inglês com tecnologia é muito mais divertido e eficiente, clique aqui e experimente nosso material didático!