5 conselhos infalíveis para ser um bom professor de inglês

Saiba o que você pode fazer para ser um bom professor de inglês e tornar seus alunos seus fãs.

5 conselhos infalíveis para ser um bom professor de inglês

Para ser um bom professor de inglês, é preciso buscar isso de forma ativa. Não basta apenas praticar o ensino do idioma e torcer para que, com o tempo e experiência, você se torne um excelente professor.

Além de preocupar-se com o preparo de aulas, você precisa olhar para si próprio e buscar seu desenvolvimento profissional. Mas como fazer isso?

Para saber como ser um bom professor de inglês, continue lendo esse artigo e confira alguns conselhos que reunimos para ajudá-lo a se desenvolver profissionalmente. Vamos lá?

1. Estude metodologias de ensino
2. Use e abuse da tecnologia em suas aulas
3. Ajude seus alunos a definirem objetivos com o idioma
4. Proponha atividades diferentes e dinâmicas
5. Não corrija a pronúncia dos alunos

1. Estude metodologias de ensino

Antes de qualquer outra coisa, você precisa entender sobre o processo de ensinar. Para tanto, é indispensável que você conheça métodos e abordagens de ensino de inglês.

Aprender a teoria sobre essas metodologias e como aplicá-las na prática, fará com que você tenha maior controle sobre o processo de ensino-aprendizagem.

Assim, você irá ensinar de maneira consciente, sabendo como e porque cada atividade proposta influenciará no aprendizado do aluno.

Logo, para ser um bom professor de inglês, você precisa tornar sua prática pedagógica consciente, entendendo as bases teóricas e práticas daquilo que está propondo ao aluno.

2. Use e abuse da tecnologia em suas aulas

Você vai concordar comigo que, atualmente, a tecnologia está em todas as áreas das nossas vidas. Nenhum de nós se vê sem usá-las no nosso cotidiano.

Sabendo disso, não usar tecnologia em suas aulas é um contrassenso. Afinal, existem inúmeras possibilidades da tecnologia aprimorar seu ensino, fornecer dados para personalização, otimizar suas tarefas com planejamento e acompanhamento dos alunos e muito mais!

Você precisa ver a tecnologia como um apoio, uma armadura que mune você de ferramentas para elevar seu nível como professor.

Isso quer dizer que é impossível ser um bom professor sem usar tecnologia? Certamente não. Mas sem dúvidas, com o apoio dela, você alcançará esse feito muito mais rápido e com mais facilidade.

>> Saiba mais: 5 Motivos para usar Tecnologias Digitais no Ensino de Inglês

Para ser um bom professor, você pode usar tecnologia em suas aulas para engajar seus alunos.
Para ser um bom professor, você pode usar tecnologia em suas aulas para engajar seus alunos.

3. Ajude seus alunos a definirem objetivos com o idioma

Muitos alunos chegarão até você sem um objetivo claro para aprender o idioma. Isso é muito perigoso!

Porque quando o aluno não tem um objetivo com o aprendizado de inglês, é muito provável que ele desanime durante o percurso.

Agora, se ele tiver um objetivo definido, e nisso você poderá ajudá-lo, ele será capaz de acompanhar a própria evolução no idioma.

Por exemplo, se o objetivo dele for conquistar um certificado de proficiência, ao se preparar para a prova e realizar simulados, o aluno saberá o quanto avançou e continuará engajado no processo de aprendizagem até alcançar o objetivo.

Outros exemplos de objetivos podem ser mais simples, como conseguir entender músicas em inglês, assistir filmes e séries sem legendas, conseguir conversar com um estrangeiro e compreender tudo, etc.

Para ser um bom professor, você precisa sempre buscar formas de manter seus alunos motivados. Porque sem motivação e interesse, o aprendizado real não acontece.

>> Saiba mais: Como motivar alunos desinteressados em aprender inglês: 6 dicas infalíveis

4. Proponha atividades diferentes e dinâmicas

Aulas mecânicas e repetitivas não são a marca registrada de um bom professor.

Pelo contrário, o que se espera de um bom professor de inglês são aulas bem planejadas, atividades engajadoras e dinâmicas.

Dedique um tempo para pensar em novos formatos de aula, descubra atividades diferentes e surpreenda seus alunos.

>> Saiba mais: 4 Ideias de Dinâmicas para Aulas de Inglês para engajar seus alunos

5. Não corrija a pronúncia dos alunos

A questão da correção da pronúncia é algo bem polêmico. Alguns linguistas defendem que a pronúncia perfeita não existe.

Uma vez que o aluno tenha se feito entender, isto é, conseguiu comunicar a mensagem pretendida, não teria porque corrigir a forma como ele pronunciou as palavras.

Até mesmo porque corrigir a pronúncia de cada palavra, o tempo todo, intimidará o aluno e não é isso que você quer.

Existem ainda outras formas de ajudar o aluno a aprimorar a pronúncia, como repetir a mesma palavra dentro de uma pergunta para que ele tenha contato com a pronúncia correta.

Mas faça isso de maneira sutil, para não constranger o aluno. Dessa forma, ele confiará em você e ficará à vontade. E isso fará de você um bom professor de inglês.

Esses foram os conselhos sobre como ser um bom professor de inglês.

Mas… como ser um excelente professor de inglês?

Se para você ser bom não é o suficiente, saiba que o caminho a seguir não é tão difícil.

Para ser um excelente professor, você precisa:

  • estabelecer um relacionamento saudável com o aluno, criando laços verdadeiros e preocupando com a aprendizagem real dele;
  • preocupar-se não somente com o conteúdo, mas com o aluno, tornando ele o seu foco;
  • colocar as necessidades do aluno antes de qualquer outra coisa, como processos, avaliações e outras burocracias;
  • entender que não há uma fórmula mágica: para ser um excelente professor, você precisa buscar constantemente sua capacitação e desenvolvimento enquanto profissional.

Espero ter ajudado você a entender como ser um bom professor de inglês. Assine nossa newsletter para receber mais dicas no seu e-mail!

Fique por dentro das novidades!

Assine nossa newsletter e receba novos
conteúdos do Blog no seu e-mail.