Aprenda hoje a diferença entre fluência e proficiência em inglês

Descubra a diferença entre fluência e proficiência e inglês e veja porque cada nível de inglês tem suas particularidades.

Aprenda hoje a diferença entre fluência e proficiência em inglês

A busca por fluência e proficiência em inglês é uma realidade cada vez mais presente na vida de pessoas ao redor do mundo. Seja por motivos profissionais, acadêmicos ou pessoais, dominar o inglês é um objetivo que muitos almejam. 

No entanto, é importante compreender que fluência e proficiência são conceitos distintos, frequentemente mal compreendidos. 

Neste artigo, vamos explorar as diferenças entre esses dois termos, de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas (CEFR), e também discutiremos os níveis exigidos pelo mercado de trabalho e instituições de ensino. 

Além disso, apresentaremos dicas de como a Flexge, uma plataforma de ensino de idiomas, auxilia professores a levarem seus alunos à fluência em inglês.

Bora lá?

Entendendo os conceitos de Fluência e Proficiência
Exigências do Mercado de Trabalho e Instituições de Ensino
Flexge: Conheça as vantagens da plataforma de auxílio ao aprendizado de inglês
Conclusão

Entendendo os conceitos de Fluência e Proficiência

O primeiro passo para entender as diferenças entre fluência e proficiência em inglês é compreender os próprios termos. 

Fluência geralmente se refere à capacidade de se comunicar de forma eficaz e natural em uma língua estrangeira, sem hesitações significativas.

Pode ser associada à habilidade de manter uma conversa, entender e se expressar sem dificuldades aparentes. No entanto, ser fluente não implica necessariamente um domínio profundo da língua.

Por outro lado, a proficiência é um nível mais avançado de habilidade em uma língua estrangeira.

Ela envolve um domínio mais amplo e profundo da língua, incluindo a capacidade de compreender textos complexos, redigir documentos sofisticados e até mesmo fazer apresentações formais. 

A proficiência é um nível mais alto de habilidade linguística, que vai além da mera comunicação.

De acordo com o CEFR, que é um sistema de classificação amplamente aceito para avaliar o nível de habilidade em línguas estrangeiras, a fluência e a proficiência em inglês são descritas em termos de níveis que vão de A1 (iniciante) a C2 (mestre). 

A fluência é frequentemente associada aos níveis B1 e B2, enquanto a proficiência é mais comumente associada aos níveis C1 e C2. No entanto, é importante notar que o CEFR não define estritamente esses termos, e eles podem ser interpretados de maneira diferente por diferentes pessoas e instituições.

Um ponto a ser considerado, no entanto, diz respeito às exigências do mercado de trabalho, assim como instituições de ensino.

Vamos descobrir quais as diferenças entre ambos no tópico a seguir. 

Exigências do Mercado de Trabalho e Instituições de Ensino

Como já foi dito no início do texto, no mercado de trabalho globalizado de hoje, o inglês é uma habilidade essencial em muitas profissões. 

As exigências variam de acordo com a área e o cargo, mas é comum que muitas empresas busquem candidatos com pelo menos um nível intermediário de proficiência, o que corresponde ao nível B2 do CEFR. 

O que este nível indica?

A aprovação no nível B2 reflete a capacidade dos indivíduos em desenvolver eficácia em situações de negócios, assim como desempenhar tarefas que envolvem o uso do inglês.

Já nas instituições de ensino superior, especialmente em cursos de pós-graduação, é comum exigir um nível mais elevado de proficiência, geralmente o nível C1 ou superior, para garantir que os alunos possam compreender e produzir trabalhos acadêmicos de alta qualidade em inglês. 

Além disso, exames de proficiência, como o TOEFL e o IELTS, são frequentemente utilizados como critério de admissão em universidades ao redor do mundo.

Portanto, compreender o nível de exigência de seu trabalho ou estudo é fundamental para que você tenha o melhor resultado conforme sua realidade.

No entanto, no cenário de inglês de hoje, existem ferramentas que podem lhe auxiliar no processo, como a Flexge.

Flexge: Conheça as vantagens da plataforma de auxílio ao aprendizado de inglês

Para professores que buscam ajudar seus alunos a alcançar a fluência em inglês, a Flexge oferece uma variedade de recursos e estratégias educacionais eficazes. 

A plataforma utiliza abordagens inovadoras, como a aprendizagem baseada em tarefas e a prática constante de conversação, para criar um ambiente de aprendizado dinâmico e imersivo.

Uma das características distintivas da Flexge é a personalização do ensino. A plataforma adapta o conteúdo e as atividades de acordo com o nível de habilidade e os objetivos de cada aluno. 

Isso permite que os professores ofereçam um ensino mais eficaz e direcionado, ajudando os alunos a progredirem em direção à fluência em inglês.

Além disso, a Flexge incentiva a prática constante, fornecendo acesso a uma ampla gama de recursos, como exercícios interativos, vídeos, áudios e materiais autênticos. Os alunos podem praticar suas habilidades de escuta, fala, leitura e escrita de maneira envolvente e significativa.

Outro ponto forte da Flexge é a ênfase na comunicação. Os alunos têm a oportunidade de participar de aulas de conversação ao vivo com professores nativos de inglês, o que ajuda a melhorar suas habilidades de fala e compreensão auditiva de maneira prática e interativa.

Conclusão

Fluência e proficiência em inglês são dois conceitos distintos, que se referem a diferentes níveis de habilidade na língua. Enquanto a fluência se concentra na comunicação eficaz e natural, a proficiência envolve um domínio mais profundo e amplo da língua. 

É importante compreender as diferenças entre esses conceitos para estabelecer metas claras de aprendizado.

Notamos também que o mercado de trabalho e as instituições de ensino muitas vezes exigem diferentes níveis de proficiência em inglês, dependendo das necessidades e das áreas de atuação. 

Portanto, é essencial avaliar essas demandas e escolher o nível de habilidade apropriado para seus objetivos.

Para professores que desejam ajudar seus alunos a alcançar a fluência em inglês, a Flexge oferece uma gama de recursos e estratégias personalizadas. 

Com uma abordagem inovadora e foco na comunicação, a plataforma auxilia no desenvolvimento das habilidades linguísticas dos alunos, preparando-os para o sucesso em um mundo cada vez mais globalizado e interconectado.

Em última análise, a busca pela fluência e proficiência em inglês é um investimento valioso, que abre portas para oportunidades pessoais e profissionais. 

Com a compreensão adequada desses conceitos e o apoio de recursos educacionais eficazes, como a Flexge, os alunos podem alcançar seus objetivos linguísticos e se destacar em um mundo cada vez mais diversificado e competitivo.

Gostou do conteúdo? Te convido a conhecer mais nosso blog e adentrar ainda mais neste universo que é a língua inglesa. Te espero lá!

Fique por dentro das novidades!

Assine nossa newsletter e receba novos conteúdos do Blog no seu e-mail.