Educação Corporativa e Inglês como Benefício na Era Digital

Descubra o que é Educação Corporativa e os benefícios de oferecer inglês na Era Digital para o desenvolvimento dos colaboradores e empresas.

Educação Corporativa e Inglês como Benefício na Era Digital

Vivemos hoje na “Sociedade do Conhecimento”. Trata-se de uma mudança de paradigma social, que já não se baseia mais na produção agrícola ou industrial, mas na capacidade de pesquisar, inovar e produzir informação.

Acompanhando essa transformação, surge a Educação Corporativa, ou Educação Empresarial, com o objetivo de estimular a aquisição de novos conhecimentos pelos colaboradores da empresa, dentro do próprio ambiente de trabalho.

No mesmo contexto, entre os benefícios oferecidos pelos empregadores, a educação se demonstra como uma das principais ferramentas de estímulo à produtividade e retenção de talentos.

Neste artigo você vai conferir o que é Educação Corporativa, conhecer suas vantagens e desafios, sua relação com tecnologia e descobrir como a Educação Corporativa e Inglês como benefício podem promover o crescimento da organização e o desenvolvimento dos colaboradores.

Preparado? Então, vamos lá!

O que é Educação Corporativa
Quais as vantagens e desafios da Educação Corporativa?
Educação Corporativa e tecnologia
Educação como benefício
Educação Corporativa e inglês como benefício

O que é Educação Corporativa

Educação Corporativa ou Empresarial consiste em uma cultura de aprendizagem contínua que visa incentivar os funcionários da empresa ao desenvolvimento de novas competências e habilidades, vinculadas ou não à atividade realizada por eles.

Muito mais do que oferecer treinamentos ou simplesmente qualificar a mão de obra, a Educação Corporativa proporciona um ambiente de formação continuada, no qual a pessoa colaboradora conta com diversas oportunidades para aquisição de conhecimentos.

Deve-se salientar que a Educação Corporativa somente vai apresentar bons resultados para a empresa se estiver integrada com práticas e valores que constituem a visão e missão da empresa.

Por exemplo, é pouco proveitoso (para ambas as partes) oferecer dezenas de cursos e treinamentos para os colaboradores, se não há incentivo para o crescimento dentro da empresa para aqueles que estão participando dos programas educacionais.

Esse modelo educativo oferecido pelas empresas abrange várias modalidades de ensino, tais como: cursos técnicos (inglês, informática, etc.), educação básica (ensino fundamental e médio), pós-graduação lato sensu, entre outros.

É importante destacar aqui que a prática da Educação Corporativa é uma relação “ganha-ganha”, na qual a empresa aproveita os frutos dos conhecimentos e habilidades adquiridas pelo colaborador e este encontra no próprio trabalho o incentivo para seu desenvolvimento como indivíduo.

Veja a seguir quais são as vantagens e desafios da Educação Corporativa.

Quais as vantagens e desafios da Educação Corporativa?

Uma das principais vantagens da Educação Corporativa é a qualificação dos indivíduos. Essa é uma vantagem tanto para o empregador quanto para o empregador. Profissionais mais qualificados produzem melhores resultados.

Essa prática cumpre importante papel ao suprir certas lacunas que o sistema educacional não consegue preencher na Era Digital. Uma vez que o sistema não consegue preparar adequadamente os indivíduos para o mercado de trabalho, as organizações assumem essa responsabilidade.

Assim, em vez de esperar que as escolas tornem seus currículos mais relevantes para a realidade empresarial, as empresas resolveram percorrer o caminho inverso e trouxeram a escola para dentro da empresa.

Empresas adotantes dessa prática sabem que a qualificação e atualização constante dos funcionários é indispensável para a construção de uma empresa inovadora e de crescimento contínuo.

Também reconhecem que investir em treinamentos para colaboradores pode ser de extrema valia para o aumento de motivação, engajamento e retenção de talentos.

No entanto, embora possua imensas vantagens, é preciso estar atento aos desafios da adoção dessa prática, como o alto custo de investimento, dificuldade de mensuração de resultados relacionados, falta de engajamento por parte dos colaboradores, entre outros.

A fim de superar tais desafios, muitas empresas que investem em Educação Corporativa buscam por soluções tecnológicas que atendam aos seus anseios, como você verá no próximo tópico.

Educação Corporativa e Tecnologia

A tecnologia facilita diversas áreas da vida em sociedade (se não todas). Na educação, o impacto causado pela evolução tecnológica é gigantesco e viabiliza inúmeras práticas que, antes, eram demasiadamente custosas ou, até mesmo, impraticáveis.

No caso da Educação Corporativa, há um enorme ganho do ponto de vista de infraestrutura educacional, através da Educação à Distância, por exemplo, que viabiliza a qualificação dos funcionários em um tempo menor e com custos reduzidos.

São várias as soluções que a tecnologia oferece à Educação Empresarial: videoconferências, cursos ministrados pela Internet, ou até mesmo pela Intranet da empresa.

Dessa forma, deixa de existir a necessidade do trabalhador ausentar-se para fazer a capacitação, afinal o conhecimento chega até ele no próprio ambiente de trabalho.

Ainda, a tecnologia possibilita a personalização, que gera valor para a empresa e para o funcionários, uma vez que cursos, materiais, processos e tudo mais pode (e deve) ser personalizado de acordo com os objetivos empresariais e individuais do colaborador.

Essa personalização permite que as pessoas fiquem mais à vontade e absorvam o conhecimento do treinamento com mais efetividade, melhorando assim o engajamento.

Além disso, algumas plataformas educacionais disponíveis para empresas geram relatórios de desempenho, possibilitando que a empresa consiga acompanhar a eficiência do seu investimento naquela solução.

Essa é uma excelente ferramenta para a gestão empresarial, pois facilita a verificação da adesão aos cursos por parte dos colaboradores, além de obter de forma bastante simples feedbacks desses processos.

A adoção de plataformas para ensino EAD, ou até mesmo a própria contratação de cursos neste formato, apresenta uma ótima relação custo-benefício, vez que custos de suporte e manutenção de salas de aulas físicas encarecem e muito o processo de Educação Corporativa e no EAD esse custo é eliminado.

A adoção desse modelo aumenta o retorno sobre o investimento e, na maioria dos casos, apresenta excelentes resultados do ponto de vista de desenvolvimento pessoal dos colaboradores.

As oportunidades de uso de tecnologia na Educação Corporativa são muitas. Cabe aos gestores conhecerem suas reais necessidades para então encontrar a melhor solução para suas empresas.

No caso do ensino de inglês, a adoção de plataformas online é um ótimo caminho, como você vai descobrir mais adiante. Não deixe de ler!

Educação como benefício

Diferente da Educação Corporativa, a oferta de Educação como benefício tem a intenção de promover o desenvolvimento dos colaboradores fora do ambiente empresarial.

Tal como se faz com plano de saúde, vale alimentação e outros benefícios, empresas oferecem auxílio educação, um valor pago ao empregado, que não compõe o seu salário, para que ele arque com despesas de uma formação, cursos, treinamentos e etc.

Prática muito comum nos Estados Unidos, Education as a benefit dá liberdade para o empregado usar o investimento feito pela empresa com esse tema da forma como ele quiser - incluindo mentorias, livros ou cursos.

O fato é que, independentemente da escolha da empresa, seja ofertando cursos ou auxílio financeiro, companhias que oferecem benefícios educativos ganham profissionais mais qualificados e satisfeitos com a cultura corporativa.

Veja agora as vantagens de oferecer inglês como um benefício para seus colaboradores.

Educação Corporativa e inglês como benefício

A importância de falar inglês dispensa qualquer explicação pormenorizada. É fato de conhecimento comum que, na Era Digital, num mundo globalizado, o conhecimento ao menos básico desse idioma é indispensável.

No mundo corporativo essa importância ganha ainda mais relevância, visto que grande parte das negociações, serviços, manuais técnicos acontece ou está escrita em inglês. Isso porque esta é considerada a língua franca: o idioma universal, falado no mundo todo.

Assim, a oferta de cursos de inglês ou soluções tecnológicas para o ensino da língua se apresenta como um excelente investimento para empresas que se identificam com o que foi falado nesse artigo sobre as vantagens de desenvolver seus colaboradores.

Já pensou em ter um time bilíngue? Conheça a plataforma de inglês da Flexge e ofereça inglês como um benefício na sua empresa!