Atenção dos alunos e Tecnologia: como engajar seus alunos na aula on-line

Descubra como a tecnologia pode ajudar você a conquistar e reter a atenção dos seus alunos nas aulas on-line.

Atenção dos alunos e Tecnologia: como engajar seus alunos na aula on-line

Conquistar e reter a atenção dos alunos é desafiador. Já era assim no contexto de ensino presencial, agora no modelo on-line ou híbrido, o desafio ficou ainda maior.

Muitos professores estão preocupados em como fazer os alunos participarem das aulas on-line, pois encontraram muitos obstáculos à execução dessa árdua tarefa: ambiente inapropriado, muitas distrações ao redor do aluno, falta de acompanhamento de um adulto e por aí vai.

Acontece que a tecnologia pode ser uma grande aliada nesse ponto. Com ela, é possível converter objetos de distração (como o celular) em ferramentas úteis ao ensino, promovendo o engajamento do aluno com as atividades da aula.

No ensino de inglês especificamente, preocupar-se em como prender a atenção dos alunos já é algo que pode ser superado com a adoção de plataformas, materiais didáticos interativos e outros recursos tecnológicos.

Neste artigo você vai descobrir como engajar seus alunos na aula on-line e conhecer ferramentas para ajudá-lo nessa missão. Não deixe de ler até o final!

O problema da dispersão
Como conquistar a atenção dos alunos
Aposte em novos formatos de material didático
Adote técnicas de engajamento
Contextualize seus alunos
A tecnologia como solução

O problema da dispersão

Se presencialmente já não era tão simples conseguir reter a atenção dos alunos, no ensino on-line esse desafio tomou proporções assustadoras.

Sem local apropriado, ambiente silencioso e livre de distrações, as aulas on-line normalmente possuem um rendimento baixo para o aluno, que fica diante da tela navegando de um lado para o outro, fazendo qualquer coisa, menos prestando atenção às explicações.

Junto com essa transição para o on-line, os professores ainda precisam lidar com alunos cada vez mais distraídos. Estudos indicam que as pessoas têm em média 3 a 5 minutos de concentração.

Deixando de lado os casos especiais em que o aluno pode apresentar uma dificuldade ainda maior na concentração decorrente de algum fato específico (TDAH, dislexia, fatores emocionais etc.), o problema da dispersão pode ser facilmente resolvido, como você verá adiante.

O mais importante é que o professor busque otimizar ao máximo a aprendizagem de todos os alunos, independentemente do grau de atenção que dispõe.

Veja a seguir algumas ideias para conquistar a atenção dos alunos nas suas aulas!

Como conquistar a atenção dos alunos

Disputar a atenção dos alunos com as redes sociais, internet, aplicativos de mensagem e todos os tipos de obstáculos que você possa imaginar é um dos principais desafios da Educação 4.0.

Mas sabe aquele ditado “mantenha seus amigos por perto e os inimigos mais perto ainda”? Esse é o caso.

Se os aparelhos eletrônicos são obstáculos à atenção dos alunos, porque não utilizá-los a favor do ensino?

De igual modo, o professor precisa buscar descobrir os interesses dos seus educandos para tornar o processo de ensino-aprendizagem mais instigante.

Confira agora algumas ideias sobre como prender a atenção dos alunos:

1. Aposte em novos formatos de material didático

O livro didático impresso já foi o recurso mais avançado na distribuição do conhecimento. Todavia, atualmente, não há informação que um livro didático possa conter que o aluno não encontre com dois cliques na internet.

Logo, insistir em materiais tradicionais pode não ser tão eficiente quanto adotar novos recursos didáticos, como videoaulas, plataformas de conteúdo ou até mesmo material didático on-line.

No modelo on-line, o aluno tem acesso a todas as informações em tempo real, enquanto assiste e participa da aula. O professor pode usar metodologias ativas de ensino e provocar o aluno para buscar o conhecimento.

Assim, não apenas ele prestará mais atenção na aula, como se tornará protagonista do processo de ensino-aprendizagem, obtendo melhores resultados na aquisição do conhecimento.

2. Adote técnicas de engajamento

Existem várias estratégias que você pode utilizar nas suas aulas para fazer com que seus alunos se engajem.

Uma delas é a Gamificação, que consiste na aplicação de elementos de jogos (níveis, pontuação, fases) em atividades diversas, como na educação.

Utilizar recursos audiovisuais, trazer temas que despertem o interesse dos alunos são outras formas de aumentar o engajamento.

Quer saber como descobrir qual a melhor técnica para prender a atenção dos seus alunos?

Pergunte a eles o que eles gostariam de ver nas suas aulas. Conheça os gostos e interesses deles e utilize essas informações para adequar o conteúdo das suas aulas, pensando na experiência do aluno.

3. Contextualize seus alunos

É comum que os alunos não reconheçam ou entendam a importância daquilo que estão aprendendo. Aí fica difícil manter a concentração…

Se o aluno for contextualizado e entender a importância de aprender aquilo que está sendo ensinado, ele certamente ficará mais interessado e, consequentemente, prestará mais atenção.

Assim, antes de entrar no assunto da aula, mostre exemplos de como o conteúdo é aplicado, traga situações práticas, preferencialmente do dia a dia dos alunos, para que eles enxerguem os motivos de dedicarem sua atenção àquilo.

A tecnologia como solução

Como já foi dito, a tecnologia pode ser uma grande aliada na conquista da atenção dos alunos. Atividades dinâmicas e tecnológicas costumam prender a atenção, até mesmo dos mais dispersos.

Afinal, quando as atividades realizadas em aula se demonstram monótonas, os alunos ficam enjoados e se deixam levar por outras coisas. No ensino on-line então, é até mesmo mais difícil identificar em que momento houve e se houve essa dispersão.

Agora, quando os alunos são desafiados constantemente, o interesse é favorecido. Essa é uma das grandes vantagens de utilizar técnicas de gamificação, por exemplo.

O uso direcionado e planejado de tecnologias em aula mune o professor de ferramentas que ampliam o seu próprio conhecimento e tornam o processo de ensino-aprendizagem muito mais eficiente.

Além disso, ao adotar recursos digitais, o professor aproxima sua aula da realidade em que o aluno vive, tornando-a muito mais atrativa para este.

Um dos papéis do professor na atualidade é justamente buscar meios para promover essa integração entre educação e os demais aspectos da vida dos alunos.

Portanto, não se deve ignorar essa proximidade e deixar a tecnologia de fora do ambiente escolar. Essa integração deve ser saudável e funcional, explorando todos os seus benefícios, tais como:

  • aulas mais atrativas;
  • estimular a curiosidade;
  • munir o aluno de conhecimento extraclasse;
  • proporcionar experiências inovadoras;
  • estimular o aprendizado em geral.

Para que a utilização da tecnologia nas aulas aumente o engajamento dos alunos, é preciso antes de mais nada ter um bom planejamento pedagógico aliando as ferramentas ao conteúdo.

A instituição de ensino ou o professor deve estar preparado para oferecer atividades com propósito, utilizando a tecnologia como um meio de atração e envolvimento.

Agora que você sabe como prender a atenção dos alunos, continue lendo nossos artigos e não deixe de assinar nossa Newsletter para receber conteúdos exclusivos no seu e-mail!