O que é Aprendizagem Significativa de Inglês

Entenda qual é a importância de relacionar novas ideias com os conhecimentos prévios dos alunos para promover uma aprendizagem significativa.

O que é Aprendizagem Significativa de Inglês

Um grande desafio no ensino de inglês é promover a aprendizagem significativa. Você sabe o que é isso?

A aprendizagem significativa consiste na assimilação de novos conhecimentos relacionados a conhecimentos preexistentes do aprendiz.

Se contrapõe ao ensino mecanicista, focado na memorização de conteúdos descontextualizados que não ajudam o aluno a desenvolver suas potencialidades.

Esse ensino mecanicista torna a aprendizagem do idioma irrelevante para o aprendiz, uma vez que os conteúdos não exploram os conhecimentos prévios que possui e isso inviabiliza a ancoragem de novos conhecimentos.

Quer entender melhor o que é aprendizagem significativa e entender do que se trata essa ancoragem de novos conhecimentos? Então leia esse artigo que vamos tirar todas as suas dúvidas!

O problema do ensino mecanicista
Teoria da Aprendizagem Significativa (TAS)
Vantagens da Aprendizagem Significativa
Aprendizagem Significativa de Inglês
Exemplo de Aprendizagem Significativa de inglês

O problema do ensino mecanicista

Algumas abordagens de ensino de inglês priorizam o conteúdo gramatical normativo. Isso quer dizer que o processo de ensino-aprendizagem se volta às estruturas gramaticais.

Pergunta-se: será esse conteúdo gramatical significativo para o aluno?

Para que haja a assimilação do objeto de estudo é necessário que o aluno perceba a relevância do conteúdo e realize uma prática dialética com a realidade, construindo seu próprio aprendizado.

Dessa forma, uma educação tecnicista e alienante não se demonstra eficaz, especialmente se tratando do ensino de um novo idioma.

No entanto, uma aprendizagem menos significativa, desconexa da realidade do aluno, não é completamente desprezível. O ensino mecânico, pautado na memorização faz parte da nossa cultura de aprendizagem.

Embora resulte em processos que não permitem que o novo conhecimento seja reavaliado, reconfigurado pelo aluno com aprendizagem ativa, em menor ou maior escala, a memorização faz parte de nossa ontologia de seres aprendizes.

O problema do ensino mecanicista é a forma equivocada como costuma ser trabalhado. Muitas vezes o conteúdo é apresentado de forma que, somente através da memorização, os alunos são capazes de apreendê-lo.

Assim, a aprendizagem ocorre de forma desintegrada, fora de contexto e sem apresentar significado e importância para o aprendiz.

Por isso, é necessário que os novos conteúdos sejam apresentados aos alunos seguindo um planejamento adequado, pelo qual o educador consegue elaborar um processo de ancoragem com base em conhecimentos prévios que o aprendiz possui.

No próximo tópico você vai descobrir o que é essa ancoragem de conhecimentos e conhecer a Teoria da Aprendizagem Significativa (TAS). Continue lendo!

Teoria da Aprendizagem Significativa (TAS)

Objeto em formato de cérebro e sinapses expostos em uma mesa representando a aprendizagem significativa.
Aprendizagem Significativa e Ancoragem: entenda o que é.

Desenvolvida pelo pesquisador americano David Paul Ausubel na década de 1960, a Teoria da Aprendizagem Significativa (TAS) é o resultado de uma investigação e descrição dos mecanismos cognitivos relacionados ao processo de ensino-aprendizagem.

Segundo essa teoria, o rendimento da aprendizagem humana aumenta à medida que os conhecimentos previamente adquiridos são reaproveitados enquanto elementos de ancoragem.

O conceito de ancoragem diz respeito à base pré-existente sobre a qual novos conhecimentos poderão sedimentar-se, isto é, serem assimilados e armazenados na memória. Ausubel denominou essa base já existente de conhecimentos prévios.

Assim, conforme essa teoria, as novas ideias potencialmente significativas para o aprendiz se relacionam de modo seletivo na fase de aprendizagem com ideias relevantes, mais gerais e inclusivas já existentes (ou ancoradas) na estrutura cognitiva dele.

Isso possibilita ao aprendiz realizar uma conexão entre velhos conhecimentos e os novos, ou como agora você já sabe, a ancoragem dessas novas ideias apreendidas.

Pode-se, portanto, concluir que a aprendizagem significativa acontece quando o novo conteúdo interage com conhecimentos já disponíveis na estrutura cognitiva do aprendiz, contribuindo para seu armazenamento eficiente e duradouro na memória.

Até aqui você aprendeu o que é aprendizagem significativa e ancoragem. A seguir você vai conhecer os benefícios dessa aprendizagem e como ela acontece no ensino da língua inglesa.

Vantagens da Aprendizagem Significativa

A primeira vantagem de uma aprendizagem significativa que vale a pena ressaltar é o fato de que torna o conteúdo interessante para o aprendiz, vez que ele identifica algo familiar nas novas ideias e é capaz de conectá-las aos seus conhecimentos preexistentes e relacioná-las ao seu contexto.

Além disso, os conhecimentos adquiridos ficam retidos por mais tempo, afinal, as ligações sinápticas são mais fortes quando ancoradas aos conhecimentos prévios do aluno.

Pode-se dizer ainda que as ideias âncoras são dilatadas, o que facilita cada vez mais a aprendizagem de novos tópicos que dizem respeito a assuntos inter-relacionados.

Ou seja, quanto mais novos conhecimentos acerca de determinado assunto são adquiridos, mais chances do aprendiz aprender significativamente.

Devido a essa ancoragem, ainda que algumas das informações assimiladas sejam esquecidas, resta na estrutura cognitiva do aluno um efeito residual que pode ser resgatado em algum momento.

Isto é, o conhecimento não é apagado completamente, podendo parte ser recuperada quando ele foi adquirido de forma significativa.

Por fim, tendo em vista que o conteúdo da aprendizagem significativa é contextualizado e faz parte da vida do aluno, as ideias decorrentes desse processo podem ser utilizadas em uma enorme gama de situações, o que permite a aplicação prática da teoria e, assim, sua consolidação.

Aprendizagem Significativa de Inglês

Como já falamos neste artigo, para que a aprendizagem significativa de inglês ocorra, a aula não pode ser baseada na repetição de informações, treinamentos, elaboração e memorização de listas etc.

De igual modo, não deve ser focada em estruturas gramaticais tão somente. É preciso planejar o conteúdo de modo a vinculá-lo aos conhecimentos prévios (temas de significância) dos alunos.

Para que a aprendizagem significativa de inglês aconteça, o professor deve se esforçar para criar situações de comunicação autêntica, naturalmente voltadas aos interesses e às necessidades de cada grupo e cada aluno.

Por isso, é imprescindível que o professor conheça as necessidades reais dos seus alunos.

Além disso, deve-se evitar a adoção de um processo em que se parte da análise das estruturas gramaticais, pressupondo a aquisição simultânea do vocabulário.

De igual modo, não pode-se pressupor que a compreensão da gramática da língua inglesa é pré-requisito para a aquisição das habilidades linguísticas (fala, escuta, leitura e escrita).

Afinal, um conhecimento construído sobre uma base inexistente não é significativo e, por esse motivo, não encontra fundamentação pedagógica segundo a TAS.

Logo, para promover a aprendizagem significativa de inglês, o professor deve buscar proporcionar ao aluno muito mais do que o contato com o sistema linguístico em si, mas também com a cultura, o modus vivendi de outras civilizações, relacionando ao contexto do aprendiz.

Exemplo de Aprendizagem Significativa de inglês

Para facilitar o entendimento do que é a aprendizagem significativa de inglês, analisemos a seguinte situação: você como professor de inglês pretende ensinar o nome das frutas para seus alunos.

Normalmente, uma aula de inglês sobre as frutas se restringe à exposição de vocabulários e perguntas que constatam se o conteúdo foi aprendido ou não.

Mas pensando em uma aprendizagem significativa, você pode adotar outra estratégia de ensino. Por exemplo, você pode propor uma atividade para que seus alunos aprendam a fazer uma salada de frutas totalmente em inglês.

Dessa forma eles aprenderão os vocabulários presentes nos seus cotidianos, tais como: cortar uma maçã, adicionar açúcar e misturar as frutas.

Além de tornar a aula mais dinâmica, essa abordagem atribui significado ao conteúdo, relaciona o conhecimento com atividades comuns ao aprendiz e torna, assim, a aprendizagem significativa.

Após a leitura desse artigo você se sente preparado para promover uma aprendizagem significativa de inglês para seus alunos? Comente aqui embaixo para sabermos sua opinião sobre esse tema tão relevante ao ensino!

Fique por dentro das novidades!

Assine nossa newsletter e receba novos
conteúdos do Blog no seu e-mail.